Processo de Sucessão

Suceder com êxito os negócios familiares é fundamental para a continuidade da Empresa Familiar.

As Empresas Familiares são sustentadas por três pilares: a família, a propriedade e os negócios. Essas bases são partes integrantes de um sistema maior: os subsistemas. Estes se relacionam entre si como engrenagens interdependentes.
 
Cada situação que acontece tem influência direta sobre a outra. Por isso, é importante organizar e desenvolver as pessoas envolvidas nestes subsistemas para que a Empresa Familiar seja sustentável e tenha continuidade.
 
A elaboração de um processo sistematizado de sucessão é um dos fatores imprescindíveis para o futuro da companhia. Neste planejamento, é fundamental o diálogo entre os agentes envolvidos: gestão, família, sucedido e sucessor. Estes agentes definem as ações e os programas para que o negócio faça a transição da gestão, preservando a propriedade e encaminhando a família acionista para decisões estruturadas e profissionais.

Patrice Gaidzinski

Patrice Gaidzinski é Diretora-fundadora da Posterità – Formação e Consultoria a Negócios Familiares. É psicóloga e especialista em Psicoterapia de Família. Atua como consultora em Empresas Familiares, implementando práticas de Governança Corporativa, auxiliando na elaboração de Acordos de Acionistas, Protocolos Familiares e Processos de Sucessão.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − cinco =